1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Atitude Profissional no Poker

Veja Neste artigo

1- A desculpa do downswing e porque é que você o deve evitar
2- Força de vontade e trabalho árduo são a chave do sucesso
3- Constantemente trabalhar no seu jogo

Um jogador de poker precisa de uma atitude profissional para poder ter sucesso - infelizmente isso é uma das qualidades mais subestimadas de um bom jogador. Só talento não vale nada se não houver uma atitude razoável direcionada à leitura,aprendizado e otimização das suas próprias habilidades. Primeiramente,e mais importante: Para ter sucesso nos limites médios,você deve ter ciência de um fato.Nesse ponto você não é necessariamente um bom jogador.Infelizmente a maioria das carreiras no poker acabam nesse ponto.A carreira acaba antes de começar.O capítulo 1 vai explicar o porque.

Capítulo 1

A desculpa do downswing

Existe uma regra que você deve ouvir se você quiser começar a jogar poker lucrativamente.Eu estou falando da chamada "desculpa do downswing" e se livrar dela.Todo iniciante deve gravar a seguinte frase para si:

"Não existe downswing no poker,apenas mãos mal jogadas" ;

Agora todos os auto-denominados profissionais irão pular e rir.Estão todos os Sklanskys e Greensteins desse mundo realmente errados?

O homem parece nascer com uma grande capacidade: Ele é o mestre de achar e inventar desculpas.Ele irá inventar qualquer coisa para justificar o seu comportamento,azar ou erros.Você pode encontrar tais desculpas todos os dias,no trabalho,em casa,em esportes.

"O amor da minha vida me deixou,coitado,e agora tem um novo!"

É muito mais agradável se mostrar como coitado - em vez de admitir que você errou porque decidiu passar várias noites jogando bilhar com seus amigos em vez de fazer algo com a sua namorada,que estava sozinha em casa.

Ou seu colegas é promovido e você pensa que você merece muito mais do que ele.Mas aqui também,Nós gostamos de omitir a realidade: O seu colega de trabalho se dedica à empresa e as vezes trabalha 10 horas extras durante o fim-de-semana,enquanto você preferiu ficar em casa por uma semana para se recuperar daquela doença super grave chamada resfriado.

Ou talvez seja aquela partida de futebol com o juiz incompetente,que favoreceu o outro time.Desde a queda de Robert Hoyzer,tal desculpa está mais próxima de todos nós,especialmente na liga C onde ainda é pela honra.

Como você pode ver,o homem não conhece fronteiras quando procurando e encontrando desculpas para explicar seu comportamento falho.

Esse hábito do homem nada mais é que um mecanismo de defesa.Similar a quando nós fechamos nossos olhos por reflexo quando um objeto se aproxima (Tomara que na maioria dos casos seja uma mosca e não um punho),nós também protegemos o nosso ego.Os exemplos acima são geralmente mecanismos de defesa,ou,colocando de outra maneira,paredes psicológicas que protegem o nosso senso de auto-valor.

E todos aqueles que são honestos consigo mesmos irão concluir que eles também,usaram esses mecanismos uma vez ou outra.A prontidão com que nós passamos ao modo defensivo quando a nossa pessoa ou comportamento é criticado é expresso pela seguinte frase:" O outro cara está errado!" Não é difícil pensarmos que talvez a crítica seja justificável?O comportamento padrão em tal situação é de retaliar com um argumento que não poderia estar mais distante do assunto em foco: "Você não acha que você é bastante arrogante as vezes?" Resposta: "Pelo menos eu não sou tão chato quanto você!" A fundação perfeita para uma grande discussão sobre o que somos acusados se mostra e nós preferimos continuar na ofensiva porque nos sentimos acuados.

Mas o que isso tudo tem a ver com poker?

A resposta é bem simples.Essas situações,que nós encontramos em nossas vidas diariamente,podem e serão fatais para o nosso jogo após um tempo,e fatal também para nossa banca. O problema é que muitos livros e artigos dão ao jogador de poker a desculpa perfeita de bandeja.

Existem inúmeros artigos sobre downswings .Assim que os iniciantes os lêem,eles tem a melhor desculpa que eles poderia pedir para o resto da carreira de poker deles (A não seu que eles sigam o conselho deste artigo).Não é mais fácil pensar que você tomou alguns bad beats ou está em um dowswing terrível - em vez de pensar no que você fez de errado na ultima mão?!.

Também é muito mais fácil pensar que você tomou um bad beat em vez de olhar a mão de novo e posta-la no fórum para que jogadores de sucesso possam avaliá-la?E então ler as respostas e procurar mais mãos suas onde você cometeu o mesmo erro?

É claro que é engraçado quando o Mr. dowswing perde uma mão por azar quando o nut flush dele é quebrado no river por u full house com 72o.Então você tem uma mão que parecia ser boa (de 100 jogadas) que vale a pena ser postada para colher a simpatia que você merece como um profissional! As 99 mãos anteriores,onde você fez calls ruins e raises irreais e desistiu no SB ou no BB aqui ou ali (com iniciantes normalmente acontece mais),são convenientemente esquecidas.

Não seria mais motivador analizar suas mãos após uma sessão perdedora e concluir que você fez uma sessão break-even se transformar em uma perdedora através de jogadas ruins?

A seguinte frase vem de muitos iniciantes:

"..Eu sei que eu tenho algumas falhas aqui e ali..."

Quando você le algo assim,você supõe que a pessoa que escreveu,acredita que o jogo dela é 70-80% perfeito.Porque aqui e ali com certeza não quer dizer falhas maiores que 30%. No "Ace on the river" Barry Greenstein escreve que toda noite que ele joga poker,ele faz em torno de 10% de calls/raises/folds ruins.Nesse caso,nós podemos parabenizar o nosso iniciante acima,já que ele só está a 10 ou 20% do nível de Barry Greenstein - pena que ele não esteja jogando no mesmo limite.

Entretanto,existe um certo grupo de jogadores para os quais a situação acima é frequentemente aplicável.Esses são jogadores que começar diretamente com um upswing e a princípio não pegam um dowswing.Eles sobem limites com um ritmo incrível e 4-5 BB/100 mãos;durante o upswing deles eles rapidamente chegam a $1/$2 ou acima. E não parece ter o mínimo motivo para eles duvidarem das habilidades deles.Pensar que eles são jogadores ruins seria absurdo (nota do autor: minha carreira de poker começou assim também). Mas derrepente o mundo do poker revida - e revida forte.Eles experimentam o primeiro grande dowswing (que não é realmente um dowswing,e sim jogadas ruins que se torna mais difícil de se manterem em limites mais altos).Eles perdem 150BB ou mais em 1000 mãos e jogar fora metade do bankroll.Psicologicamente,isso parece ser uma situação de azar.

um processo de pensamento interessante começa na cabeça da maioria dos jogadores:

Tese 1: O meu winrate em 20.000 mãos é 1.5BB/100 mãos.

Tese 2: Jogadores vencedores tem um winrate de 1 BB/100 mãos.

Conclusão : eu sou um jogador vencedor.

Que se segue:

Tese 1: Eu sei que até mesmo jogadores vencedores podem ter dowswings de 200BB ou mais.

Tese 2: Eu sou um jogador vencedor.

Conclusão : Minha perda de 150BB deve ser um downswing,então eu posso continuar jogando como estava jogando que a minha sorte em breve mudará.


Infelizmente,é uma exceção se um jogador ouve o som do alarme que um downswing desses traz.Esses jogadores vão pelo caminho mais fácil e preferem usar a desculpa do downswing.

Aqui um teorema apropriado de Thomas Jefferson:

""Eu acredito em sorte e acho que quanto mais eu trabalhar mais eu a terei."


Mas aqui nós voltamos para o axioma original: "não existem downswings no poker!"

Um pequeno exemplo:

Um conhecido da minha família trabalha como soprador de vidro.No trabalho dele,ele faz um tipo de vidro suave.No entanto,quando soprando o vidro,pode ocorrer do vidro quebrar ou rachar devido independente de não ter havido nenhuma mudança no processo de manufatura.O fato é o seguinte: Quanto mais experiente o soprador de vidro,menor a chance dessas falhas ocorrerem.Vamos supor que nessa empresa existe um aprendiz,que as vezes é permitido trabalhar com o vidro.Mas ele não é bem sucedido em soprar da primeira vez e o vidro acaba,inútil,no lixo.Qual a probabilidade desse erro ser devido a inconpetência momentanea do aprendiz - ou que coisas do tipo acontecem de vez em quando independente do profissionalismo do soprador?

Aonde eu quero chegar é que no começo do estudo,a probabilidade de uma grande perda ser por jogadas ruins é bem maior do que por um downswing.

Existem duas medidas de sucesso no poker.

1. A qualidade da mão postada: Suponha que um jogador A começa a jogar poker e posta 20 mãos no fim de uma sessão.Com o tempo,se conclui que as mãos postadas estão melhorando e algumas contem menos erros.O grau de sucesso é determinado por quão rapidamente a qualidade das mãos postadas melhora.

2. O dinheiro (winrate): Quanto mais mãos nós jogamos em um limite,mais próximo nós chegamos da nossa força real expressa por x BB/100 mãos.

No começo de uma carreira no poker,o método 2 não vale nada.Não importa qual seja o seu winrate em 3.000/4.000 ou 8.000 mãos,raramente será uma medida adequada.

O método 1,no entanto,é o melhor método no começo.

O que você pode fazer para melhorar o seu jogo será discutido nas partes 2 e 3 deste artigo.Concluindo,eu gostaria de mostrar para todos os iniciantes que dowswings no começo da sua carreira no poker,frequentemente são resultado de um jogo ruim,em vez de azar.Por essa razão,se você tiver uma noite perdedora você deve supor que foi porque você jogou mal - e talvez investir mais tempo praticando.

Deposite Fácil

Deposite e saque seus lucros com facilidade e torne mais práticas as suas transações com dinheiro online.

Melhore seu jogo

Aumente a vantagem contra seus oponentes utilizando os melhores softwares de poker do mercado.

Itens Relacionados

Facebook Curta!